24°C 34°C
Araguaína, TO
Publicidade

Saúde de Palmas encerra Janeiro Roxo com encontro de pacientes em tratamento contra a hanseníase

Momento chamou a atenção para o fim do preconceito e alerta sobre a prevenção e cuidados

26/01/2024 às 16h26
Por: Redação Fonte: Prefeitura de Palmas - TO
Compartilhe:
Diretora de Vigilância em Saúde da Semus, Meire Pereira, destacou a importância de buscar atendimento médico ao notar os sintomas da hanseníase - Fotógrafo:Luciana Pires/Secom Palmas
Diretora de Vigilância em Saúde da Semus, Meire Pereira, destacou a importância de buscar atendimento médico ao notar os sintomas da hanseníase - Fotógrafo:Luciana Pires/Secom Palmas

O encerramento do Janeiro Roxo no Parque da Pessoa Idosa Francisco Xavier de Oliveira, em Palmas, nesta sexta-feira, 26, foi marcado por uma atmosfera de sensibilidade e conscientização sobre a hanseníase. Profissionais de saúde e membros da comunidade se uniram para promover uma série de atividades, incluindo palestras, apresentações culturais e rodas de conversa com especialistas, como fisioterapeutas, enfermeiros, odontologistas e advogados. Além disso, houve a distribuição de kits de autocuidado contendo hidratantes, escovas de dente e protetor solar para os pacientes presentes.

Entre os participantes estava a servidora pública Francisca Tavares de Lira, 56 anos, que compartilhou sua jornada com o tratamento da doença. Após receber o diagnóstico de hanseníase em 2015, Francisca e sua família enfrentaram um período desafiador, com o diagnóstico positivo se estendendo também a sua filha e seu marido. Após um tratamento bem-sucedido, a família comemorou a cura em 2016, apenas para enfrentar uma nova batalha em 2018, quando seu filho foi diagnosticado, assim como ela e o marido novamente. Apesar das dificuldades, Francisca enfatiza a importância de persistir no tratamento e combater o estigma associado à doença.

A servidora pública conta que o segundo tratamento também foi difícil pois não imaginava ter uma nova contaminação. No entanto, ela compartilha que jamais cogitou desistir, encontrando motivação para assegurar que todos os membros de sua família se livrarem da hanseníase. Hoje, com gratidão, ela testemunha a cura alcançada. “É muito importante encarar o tratamento sem preconceitos, as pessoas não devem abandonar diante de sintomas que vem com a medicação, pois as complicações da doença são muito piores.”

A diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal da Saúde (Semus), Meire Pereira, destacou a importância de buscar atendimento médico ao notar os sintomas da hanseníase. “Todas as unidades de saúde estão preparadas para atender e acolher os pacientes, assim como seus familiares em busca do diagnóstico seguro”, ressaltou, pontuando a necessidade de conscientização e prevenção da doença.

Sintomas

A hanseníase, caracterizada por lesões na pele, dormência e fraqueza muscular, é uma enfermidade que requer atenção e cuidados específicos. O Janeiro Roxo desempenha um papel fundamental na disseminação de informações e na promoção da saúde pública, reforçando a importância do diagnóstico precoce e do tratamento adequado para garantir o bem-estar da comunidade.

 

Texto: Redação Semus

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.